Inspecções-Quadro

Processos de inspecção automóvel Quadro e acessórios do quadro

Deverá ser feita a inspecção da carroçaria, quadro, cabina , portas, antepara, bancos, janelas, estribos
, degraus ,sistema de alimentação de combustível, pára-choques e protecção lateral(dispositivos anti- encastramento), suporte da roda de reserva e dispositivo de reboque.

2. Campo de aplicação

Esta observação e verificação aplicam-se aos seguintes veículos: Pesados

Ligeiros

Reboques

3- Deficiências atribuir

DESIGNAÇÃO

Tipo

QUADRO E "CHASSI"

Estado geral

Deformação ou empeno no quadro (longarinas ou monobloco)

2

Longarina fendida

3

Ligação deficiente em longarina ou travessas (soldadura, parafusos, etc.)

2

Corrosão profunda em longarina ou travessa, ou em elementos de fixação

2

Corrosão média em quadro de estrutura simples (chassi)

1

Corrosão média em quadro monobloco

2

Corrosão superficial em quadro monobloco

1

Pálas anti-projecção inexistentes quando obrigatórias, ou ineficientes

2

Limpeza insuficiente que dificulte as observações e verificações do inspector

2

Reservatório e tubagens de combustível

Fugas de combustível

3

Tampão inadequado

1

Tampão ausente

2

Reservatório danificado

2

Montagens ou fixações não regulamentares

2

Tubagem ou elementos de fixação deformados, partidos ou deteriorados

1

Ausência de dístico identificativo GPL

2

Reservatório de GPL não regulamentar nomeadamente ausência de chapa de características

2

Dispositivos anti-encastramento (lateral e retaguarda)

Ausência ou forma, dimensões ou fixação não regulamentares

2

Empeno, soldaduras deficientes ou fendas

1

Suporte da roda de reserva

Ausência ou fixação deficiente

2

Dispositivo de reboque

Montagem ou dispositivo não regulamentar ou com folgas, desgaste ou reparações precárias

2

Ligação deficiente ao quadro (aperto, fissuras, empeno, reforço, etc.)

2

Dispositivo de ligação eléctrica ausente ou defeituoso

2

Dispositivo de ligação eléctrica mal colocado ou mal fixado

1

CABINE E CARROÇARIA

Estado geral

Corrosão média ou profunda em elemento resistente

2

Corrosão superficial em elemento resistente

1

Deformação num elemento resistente

2

Deformação com arestas vivas

2

Saliências agressivas não regulamentares (frisos, ou outros acessórios), exteriores ou interiores

interiores

2

Pára-choques em mau estado (sem saliências agressivas)

1

Comando ou funcionamento deficiente para abertura e fecho de vidros

1

Protecção (pintura) deficiente ou incompleta

1

Fixação

Elementos de ligação ou fixação deteriorados ou incorrectos

2

Portas e fechos

Portas e fechos (inclui tampas de motor e bagageira)

Dificuldade de abertura ou fecho

1

Mau funcionamento que ponha em causa a segurança

2

Fixação da bateria

Aperto deficiente

1

Fixação deficiente ou suporte corroído

2

Fixação do motor

Apoio deteriorado ou ineficiente

2

Piso do habitáculo e do compartimento de carga

Mau estado sem perigo

1

Mau estado com perigo

2

Antepara

Ausentes ou não regulamentares

2

Fixação deficiente ou deteriorada

1

Bancos

Mecanismo de regulação do banco do condutor não funcional ou com revestimento em mau

estado

mau estado estado

1

Fixação deficiente ou estrutura deformada

2

Degraus e estribos

Danificados ou com superfície do revestimento pouco aderente

1

Ausência

2

Deficiências Observadas nas Inspecções

    Tipo 1:

  • deficiência que normalmente não afecta de forma grave, o funcionamento nem segurança do veículo.
  • Tipo 2:

  • deficiência que afecta gravemente o funcionamento e segurança do veículo, assim com sua identificação.
  • Tipo 3:

  • deficiência muito grave que implica paralisação do veículo.

Os veículos são reprovados sempre que:

  • Se verifiquem mais de cinco deficiências do tipo 1.
  • Se verifiquem uma ou mais deficiências do tipo 2 ou 3.
  • Não seja efectuada a correcção da deficiência ou deficiências anteriormente anotadas, salvo as relativas ao documento de identificação do veículo

Os veículos que apresentem deficiências do tipo 2 nos sistemas de direcção, suspensão ou travagem, não podem transportar passageiros, nem carga enquanto não forem aprovados.

Os veículos que apresentem deficiências do tipo 3, podem circular apenas para deslocação até ao local de reparação e posterior regresso ao centro de inspecção para confirmar a correcção das anomalias.

Sempre que o veículo tenha sido reprovado em inspecção, pode o mesmo, no prazo de 30 dias, voltar ao centro de inspecções para confirmar a correcção das anomalias.

Quando as deficiências constatadas na inspecção ou reinspecção precedente não tiverem sido atempadamente corrigidas, o prazo referido anteriormente será reduzido para 15 dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *